CAPES autoriza a criação do curso de Doutorado em Ciências Contábeis na UFES

A CAPES divulgou, no dia 05 de setembro, a provação da criação do Curso de Doutorado em Ciências Contábeis. O curso é organizado com uma área de concentração: CONTABILIDADE E CONTROLADORIA. Esta área de concentração abrange o estudo de temas relacionados à Contabilidade e à controladoria, tendo como foco os papéis econômico e social desempenhados pelas Ciências Contábeis. Neste sentido, busca-se a formação de egressos capazes de, com base na análise e reflexão crítica, contribuir para o desenvolvimento das Ciências Contábeis, tanto no âmbito acadêmico como profissional.

Os estudos evoluem em torno de 2 linhas de pesquisa:

CONTABILIDADE E FINANÇAS: A linha de pesquisa investigará temas relacionados à interação entre Contabilidade e Finanças. Considerando a multiplicidade dos agentes que interagem com a informação contábil, faz-se necessário investigar as demandas desses agentes e as implicações para a gestão corporativa, e em última instância o mercado de capitais e financeiro. Nesse contexto, a linha de pesquisa “Contabilidade e Finanças” articulará estudos que envolvam temas relacionados à contabilidade financeira, contabilidade tributária, auditoria, finanças corporativas, análise e avaliação de ativos, governança corporativa e gestão de riscos.

CONTROLADORIA E ORGANIZAÇÕES: A linha de pesquisa abrange temas sobre Controladoria no contexto organizacional. Considerando a utilização gerencial da informação contábil por múltiplos agentes, faz-se necessário investigar as demandas desses agentes e as implicações para a gestão organizacional pública e privada. Nesse contexto, a linha de pesquisa “Controladoria e Organizações” articulará estudos que envolvam temas relacionados à gestão, controle e monitoramento do desempenho de organizações privadas, públicas e entidades sem fins lucrativos.

O curso iniciará com uma oferta de 6 vagas. Essa oferta foi definida após um criterioso cálculo da capacidade de orientação do corpo docente, de acordo com as regras da CAPES, e considerando os vínculos de parte dos docentes a outros programas e a demanda de orientações no curso de mestrado. O processo seletivo levará em consideração os resultados obtidos nas seguintes etapas:

(I) Teste ANPAD, aplicado pela Associação Nacional de PósGraduação e Pesquisa em Administração ou outro teste equivalente especificado em Edital de Seleção;

(II) Conhecimento na área do curso de Pós-Graduação;

(III) Comprovação de domínio de língua estrangeira, preferencialmente inglês, conforme critério estabelecido em Edital de Seleção;

(IV) Análise do “curriculum vitae” (Plataforma Lattes) dos candidatos;

(V) Análise de projeto a ser desenvolvido como dissertação de mestrado ou tese de dourado;

(VI) Desempenho em entrevista.

A composição das provas e critérios de seleção para cada processo seletivo serão definidos por comissão de seleção e podem ser alterados a cada processo seletivo. Cabe ressaltar que o regimento a ser implementado com o doutorado, estabelece como condição para o professor orientar alunos de doutorado, que o mesmo já tenha concluído no mínimo 4 orientações de mestrado e publicação em pelo menos três periódicos Qualis A2 nos últimos 4 anos.

O curso deverá ser cumprido em uma duração mínima de 24 meses e máxima de 42 meses, prorrogáveis por mais seis meses (até 48 meses)

Disciplinas do curso: Os alunos em doutoramento deverão acumular no mínimo 36 créditos de disciplina sendo 20 em disciplinas obrigatórias; e 16 em disciplinas optativas. Em síntese, o curso apresenta a seguinte estrutura curricular:

DISC. OBRIGATÓRIAS DO DOUTORADO:

1.Teoria da Contabilidade (M/D – 60H – 4 Cr – obrig. para as duas linhas de pesquisa)

2.Tópicos Avançados em Contabilidade (D – 60H – 4 Cr – obrig. para as duas linhas de pesquisa)

3.Microeconomia aplicada a Contabilidade (D – 60H –

4 Cr – obrig. para a Linha 1) 4.Tópicos de Interação entre Controladoria e Organizações (D – 60H – 4 Cr – obrig. para a linha 2) 5.Econometria (M/D – 60H – 4 Cr – obrig. para a linha 1)

6.Metodologia da Pesquisa Qualitativa (M/D – 60H – 4 Cr – obrig. para a linha 2)

7.Seminários de Tese I (D – 30H – 2 Cr – obrig. para as duas linhas)

8.Seminários de Tese II (D – 30H – 2 Cr – obrig. para as duas linhas) DISC. OPTATIVAS:

9.Análise Multivariada (D/M – 60H – 4 Cr)

10.Finanças Corporativas (D/M – 60H – 4 Cr)

11.Mercado Financeiro, Intrumentos Finaneiros e Derivativos (D/M – 60H – 4 Cr)

12.Avaliação de Empresas (D/M – 60H – 4 Cr)

13.Precificação de Ativos Financeiros (D/M – 60H – 4 Cr)

14.Governança Corporativa (D/M – 60H – 4 Cr)

15.Tributação e Contabilidade (D/M – 60H – 4 Cr)

16.Earnings Quality (D/M – 30H – 2 Cr)

17.Pesquisa de Contabilidade em Mercado de Capitais (D/M – 60H – 4 Cr)

18.Contabilidade Pública (D/M – 60H – 4 Cr) 19.Governança Pública (D/M – 60H – 4 Cr)

20.Ética, Responsabilidade Social e Sustentabilidade (D/M – 60H – 4 Cr)

21.Organizações Familiares (D/M – 60H – 4 Cr)

22.Estratégia Empresarial: Planejamento e Controle (D/M – 60H – 4 Cr)

23.Gestão de Custos (D/M – 60H – 4 Cr)

24.Controladoria (D/M – 60H – 4 Cr)

25.Contabilidade Ambiental e Raletórios Sociais (D/M – 60H – 4 Cr)

26.Vantagem Competitiva e Métricas Contábeis (D/M – 60H – 4 Cr)

27.Controles Democráticos sobre a Administração Pública (D/M – 60H – 4 Cr)

28.Finanças Públicas (D/M – 60H – 4 Cr)

29.Contabilidade Gerencial (D/M – 60H – 4 Cr)

30. Ferramentas de Produtividade em Pesquisa (D/M - 30H - 2CR)

Os doutorandos farão também as seguintes atividades: Estágio docente; Produção acadêmica; Estudo dirigido; Prática da pesquisa integrada; e Intercâmbio.

 

 

 

 

Tags: 
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910